Tragédia dos imigrantes em Catânia comove o papa Francisco

Padre Lombardi: o papa acompanha com atenção e preocupação a onda migratória na costa italiana

Roma, (Zenit.org) Redacao | 376 visitas

O papa acompanha "com atenção e preocupação" a nova onda migratória no litoral da Itália. Tragédias como a ocorrida na cidade siciliana de Catânia, em que seis imigrantes morreram afogados ao tentar entrar no país por mar, "o tocam profundamente", comenta o diretor da Sala de Imprensa do Vaticano, pe. Federico Lombardi, ao recordar a recente viagem do santo padre à ilha de Lampedusa, onde Francisco se mostrou muito preocupado com este “problema vivo, real e atual”. Já foram identificadas as seis vítimas do trágico desembarque. Dois menores de idade egípcios foram apreendidos pelos carabinieri, por supostamente fazerem parte da equipe da embarcação.

Lampedusa foi a primeira viagem do santo padre fora da diocese de Roma. No porto de Punta Favarolo, ele saudou 50 imigrantes recém-chegados nas embarcações e hospedados no centro de primeiro acolhimento, onde os clandestinos são identificados. Na homilia, diante desta dura realidade, o santo padre se perguntou: "Quem de nós já chorou por esta gente? A globalização da indiferença nos tirou a capacidade de chorar".