"Tudo se perde com a guerra. Tudo se ganha com a paz"

Papa Francisco faz apelo pela paz na Sí­ria

Roma, (Zenit.org) | 704 visitas

Após a oração do Angelus, antes de saudar os peregrinos presentes na Praça de São Pedro, o Papa Francisco apelou à paz na Síria. Apresentamos a seguir as palavras pronunciadas pelo Pontífice.

Queridos irmãos e irmãs,

Sempre viva e sofrida é minha preocupação pela persistência do conflito que há mais de dois anos incendeia a Síria e atinge principalmente a população indefesa, que deseja uma paz na justiça e na compreensão. Esta atormentada situação de guerra leva consigo trágicas consequências: morte, destruição, danos econômicos e ambientais como também a chaga dossequestrosde pessoas. No deplorar estes fatos, desejo assegurar minha oração e minha solidariedade pelas pessoas raptadas e por seus familiares, e faço apelo à humanidade dos sequestradores para que libertem as vítimas. Rezemos sempre por nossa amada Síria.

No mundo existem tantas situações de conflito, mas também sinais de esperanças. Gostaria de encorajar os recentes passos realizados em vários países da América Latina para a reconciliação e a paz. Acompanhamo-vos com a nossa oração.

Esta manhã, celebrei a Missa com alguns militarese parentes de alguns mortos nas missões de paz,que visam promover a reconciliação e a paz nos paísesonde ainda se espalha tanto sangue fraterno em guerras que são sempre uma loucura. "Tudo se perde com a guerra. Tudo se ganha com a paz". Peço orações pelos falecidos,feridos e suas famílias.

Vamos juntos, agora, em silêncio, em nossos corações - todos juntos –rezar pelos falecidos, feridos e suas famílias. Em silêncio.

Saúdo com afeto os peregrinos presentes hoje: as famílias, os fiéis de tantas paróquias italianas e de outros países, associações e movimentos.

Saúdo os peregrinos vindos do Canadá, da Croácia e da Bósnia Herzegovina, assim comoo grupo do Piccolo Cottolengo de Génova, da Obra de Don Orione.

Saúdo todos. A todos um bom domingo e bom almoço!