Turquia é elogiada por devolver propriedades religiosas

Reconhecimento da Fundação Wallenberg

| 781 visitas

ROMA, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 (ZENIT.org) – A Fundação Raoul Wallenberg elogiou a decisão do primeiro-ministro turco, Recep Tayip Erdogan, de restituir centenas de propriedades confiscadas a minorias religiosas pelo Estado turco desde 1936.

A publicação do decreto da devolução das propriedades foi anunciada pelo premier turco no dia 28 de agosto. O decreto prevê a restituição de imóveis a organizações greco-ortodoxas, armênias, católicas e judaicas.

Em nome da Fundação Internacional Raoul Wallenberg, Eduardo Eurnekian e Baruj Tenembaum apoiaram a medida, por meio de uma carta dirigida ao próprio Erdogan. Nela, expressam que “elogiamos esta iniciativa como um passo positivo que conduz à criação de um clima de reconciliação e – desejamos – a colocar um fim a décadas de hostilidade e ressentimento”.

Mais adiante, destacam as palavras de Erdogan, quem, no anúncio, manifestou: “Acabaram-se os tempos em que um cidadão do nosso país poderia ser oprimido pela sua religião, origem étnica ou outra forma de vida”.

Junto à Fundação Raoul Wallenberg, fundada por Tenembaum, o empresário Eduardo Eurnekian decidiu organizar um tributo mundial aos armênios salvadores do Holocausto e a outras pessoas que foram solidárias com discriminados e perseguidos de todas as nacionalidades, em diversos períodos históricos.

O monumento será o primeiro em sua categoria e será colocado em várias cidades do mundo.

Eduardo Eurnekian foi nomeado “Homem do Ano” em 2010 pela União Geral Armênia de Beneficência.

Mais informações: www.raoulwallenberg.net.