Um constante retorno ao Senhor

Meditação da Palavra de Deus

Roma, (Zenit.org) | 348 visitas

Quarta Feira de Cinzas abre o tempo da Quaresma e renova no coração e na consciência da Igreja aquele momento singular que está relacionado não apenas ao permanecer, mas ao aprofundar a experiência da conversão. Retornar a Cristo com todo o coração é o que a Igreja aprende, e é continuamente chamada a aprender, através da liturgia diária no seguimento do Senhor Jesus Cristo.

Meditação

Não se pode deixar de ter a consciência constante da conversão, que neste dia é confirmada pelos gestos de renúncia e sacrifício, pela mortificação da própria inteligência, do próprio coração. Por isso, é necessário o caminho penitencial, ou seja, de penitência da própria autonomia de vida e de julgamento. A Igreja deve aprender novamente, no caminho quaresmal, a imitação do Senhor que está silenciosamente em relação com o Pai, evitando qualquer apoio. Eis o jejum, a abstinência de alimentos e de qualquer tipo de apoio humano, para estar totalmente diante de Deus, plenamente em Deus. Isto implica uma consequência importante e muitas vezes negligenciada na vida da Igreja: a conversão é para a missão. Nós somos embaixadores em nome de Cristo entre os homens. Esta embaixada tende a fazer com que a humanidade se reconcilie com Deus. Ai de nós se o primeiro impacto da vida cristã, o primeiro rosto que o cristão assume diante dos homens e do mundo, não for de um embaixador de Deus e testemunha de Cristo. Ai de nós se não favorecermos a reconciliação do homem com Deus, portanto, do homem com ele mesmo, e do homem com os outros homens. Esta é a tarefa, este é o fundamento, existencial e histórico, da missão cristã, que constitui a vocação de toda a Igreja e de cada cristão. Esta missão não deve ser ostentada diante da mentalidade mundana que imediatamente a reduz ao que o mundo pensa, destacando o que para o mundo é louvável - geralmente são as coisas menos importantes - sem mencionar o que o mundo não entende, que normalmente são as mais “cristãs". Este estar no segredo da própria consciência diante do Senhor, como uma verdadeira experiência de intimidade de onde vem a capacidade de criação humana e cristã, é a fé.

Oração

“Ó meu Deus, criai em mim um coração puro, e renovai-me o espírito de firmeza. De vossa face não me rejeiteis, e nem me priveis de vosso santo Espirito. Restituí-me a alegria da salvação, e sustentai-me com uma vontade generosa. Então aos maus ensinarei vossos caminhos, e voltarão a vós os pecadores.” (Salmo 50)

Ação

Após um cuidadoso exame de consciência buscarei o sacramento da reconciliação para encontrar a misericórdia divina e assim começar a preparação para a Páscoa.

Meditação do dia por Dom Luigi Negri, arcebispo de Ferrara- Comacchio, tirada do livreto  "Messa Meditazione", cortesia de Edições ART . Para assinaturas info@edizioniart.it

(Trad.:MEM)