Uma novena ao Espírito Santo

Novena da Renovação Carismática em Bolonha prepara para o Pentecostes

| 1162 visitas

ROMA, terça-feira, 22 de maio de 2012 (ZENIT.org) - Em 1897, o papa Leão XIII decretou que as paróquias de todo o mundo fizessem uma novena ao Espírito Santo, da Ascensão até Pentecostes.

Hoje, aquela novena que foi instituída para ser perpétua já perdeu muito espaço. Mas a necessidade de renovar o mundo é provavelmente mais urgente agora do que em 1897.

Por isso, neste 23 de maio, festa litúrgica da beata Elena Guerra, que a Igreja reconheceu como Apóstola do Espírito Santo, a Renovação Carismática de Bolonha, na Itália, convidou a população local para a exposição e adoração silenciosa do Santíssimo, para a "sarça ardente" animada por dois grupos locais e para a santa missa, como parte do seu Tríduo de Pentecostes.