Vaticano não comprou time de futebol Ancona

Porta-voz desmente notícias da imprensa

| 2192 visitas

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 8 de outubro de 2007 (ZENIT.org).- O porta-voz da Santa Sé desmentiu que a Santa Sé ou a Conferência Episcopal Italiana tenham comprado um time de futebol italiano, o Ancona, que joga na terceira divisão.



A notícia da compra do time por parte do Vaticano correu entre as redações ao anunciar-se a aplicação de um código de ética surgido de um acordo entre o Ancona e o Centro Esportivo Italiano, organismo de orientação católica.

O objetivo do acordo é criar um time de futebol que dê exemplo de esportividade e valores.

O Vaticano «não tem nada a ver e, pelo que sei, tampouco a Conferência Episcopal Italiana», declarou o Pe. Federico Lombardi S.J., diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé.

«Há iniciativas que têm finalidades positivas e, se as intenções que declararam podem realmente ser realizadas, isso certamente é algo bom», explicou o porta-voz à «Rádio Vaticano».

«Mas isso não significa que se trata de uma iniciativa do Vaticano ou da Conferência Episcopal Italiana», acrescenta.

«Não se pode atribuir à Igreja, portanto, responsabilidades que ela não têm, ainda que ela possa ver como positivo o compromisso de leigos católicos em vários campos, inclusive o do esporte», concluiu.

O acordo entre o Ancona e o Centro Esportivo Italiano prevê um modelo de gestão financeira transparente e ético, e a difusão dos valores do esporte entre os torcedores do time, assim como o apoio a iniciativas solidárias com o terceiro mundo. Segundo o acordo, o Centro Esportivo Italiano se compromete a buscar patrocinadores para o Ancona.