Vaticano nega suposto exorcismo feito pelo papa Francisco

Informações baseadas em suposições tinham sido divulgadas pela mídia

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) | 1127 visitas

O porta-voz da Santa Sé, pe. Federico Lombardi, SJ, enviou um comunicado à imprensa sobre os boatos relatados em diversos meios de comunicação sobre um exorcismo que teria sido realizado pelo papa Francisco. Lombardi afirma que "o papa não teve nenhuma intenção de realizar um exorcismo, mas, simplesmente, de orar por uma pessoa que sofria e que lhe foi apresentada".

O fato ocorreu no final da missa deste domingo de Pentecostes, na praça de São Pedro. Como de costume, o papa se aproximou de um por um dos doentes que estavam na praça e foi cumprimentando todos eles. Ao chegar perto de um dos enfermos, o sacerdote que o acompanhava disse ao papa algumas palavras que não foram registradas publicamente. O papa então impôs as mãos sobre a cabeça do doente e orou por ele.