Vaticano sofre ataque na internet através do Google

O motor de busca dava como resultado a página pedofilo.com

| 1682 visitas

CIDADE DO VATICANO, domingo, 18 de julho de 2010 (ZENIT.org) – O Vaticano foi vítima de um ataque na internet. Nesse sábado, quem digitava a palavra “vaticano” no Google recebia como primeira resposta a página “www.pedofilo.com”.

No entanto, ao entrar nesse site por meio do motor de busca, abria-se uma página em branco.

Ao ter notícia desse ataque, a Santa Sé informou o Google. A empresa desculpou-se imediatamente e assegurou que faria o possível para sanar o quanto antes o problema. Neste domingo de manhã, os resultados do Google nos diferentes idiomas tinham-se normalizado.

Os primeiros indícios apontam que a operação parece ter sido realizada por alguém que tem um bom conhecimento dos mecanismos de funcionamento do Google, pois de fato não de tratava de um ataque “hacker”.

A página pedofilo.com, segundo ZENIT comprovou através das instituições de registro, é de propriedade da empresa GuionBajo, da cidade de Monterrey (México).

Apesar disso, não necessariamente o dono da empresa é o autor da manipulação informática contra o Vaticano.

O Vaticano não apresentou denúncia contra o Google, pois a empresa pediu imediatamente perdão pelo fato e buscou uma solução.