Visita do núncio no Paraguai ao presidente eleito Fernando Lugo

Vaticano anunciará sua postura sobre o bispo suspenso em um comunicado

| 957 visitas

Por Nieves San Martín

ASSUNÇÃO, sexta-feira, 25 de abril de 2008 (ZENIT.org).- O núncio apostólico no Paraguai, Dom Orlando Antonini, visitou na quinta-feira o bispo suspenso «a divinis» Fernando Lugo, presidente eleito do Paraguai.

O núncio Antonini felicitou Lugo por sua vitória nas eleições de domingo passado e lhe entregou uma caneta como presente do Papa Bento XVI.

«O Vaticano tem uma postura sobre o caso de Dom Fernando Lugo que se dará a conhecer em breve, através de um comunicado», disse o núncio aos jornalistas.

A Santa Sé rejeitou a renúncia de Lugo a seu ministério episcopal e o suspendeu «a divinis», conforme a lei canônica, por abandonar seu ministério e dedicar-se à política.

Por sua parte, o presidente eleito pediu na segunda-feira perdão à Igreja. «Se minha atitude e minha desobediência causaram dor, peço sinceramente perdão aos membros da Igreja», disse a jornalistas internacionais.

Recentemente, o Pe. Federico Lombardi S.J., diretor da Sala de Informação da Santa Sé, informou que se analisará «com calma» e «sem pressa» o caso, e sustentou que qualquer decisão sobre o assunto deverá ser tomada pelo Papa Bento XVI.