Wojtyla: canonização à vista?

De acordo com fontes do Vaticano foi aprovado o milagre, graças ao qual no próximo mês de Outubro João Paulo II seria proclamado santo

Roma, (Zenit.org) Luca Marcolivio | 569 visitas

Ainda não há nenhuma confirmação oficial, mas a canonização de João Paulo II está mais perto. De acordo com fontes do Vaticano, citado pela ANSA, a Comissão dos teólogos da Congregação para as Causas dos Santos, aprovou o segundo milagre atribuído à intercessão do papa polonês.

Nesta altura faltam apenas dois atos formais que colocariam um ponto final no processo de canonização de Karol Wojtyla: a aprovação da Comissão dos cardeais e dos bispos da Congregação para as Causas dos Santos e, posteriormente, a assinatura do decreto pelo Papa Francisco. Seguido de uma convocação do Papa para um Consistório com a proclamação da decisão final e a data da canonização.

De acordo com o cardeal Stanislaw Dziwisw, já secretário do Papa Wojtyla, há “sérias esperanças” de que a canonização possa ser celebrada no próximo dia 20 de outubro.

Em janeiro passado, o postulador da causa de canonização, monsenhor Slawomir Oder apresentou o suposto milagre à junta médica para a aprovação, que ocorre com a declaração de que a cura em questão é cientificamente inexplicável.

Não se sabe qual seja o segundo milagre atribuído ao Beato João Paulo II: seria, no entanto, um milagre acontecido na noite do 01 de maio de 2011, poucas horas depois da cerimônia de beatificação de Karol Wojtyla.

O milagre que abriu o caminho para a beatificação de João Paulo II foi a cura de uma freira francesa, Irmã Marie Simon Pierre, doente de Parkinson, a mesma doença que afligiu o Pontífice polonês na última década da sua vida.

Para beatificar um Servo de Deus é necessário que a comissão de cardeais aprove as virtudes heróicas do candidato, seguido da aprovação de pelo menos um milagre. Se o candidato for um mártir não é necessário o milagre para a beatificação. O beato pode ser venerado publicamente na igreja local, ou seja, na sua diocese.

Para a canonização é necessário um segundo milagre ocorrido estritamente depois da beatificação. Com a canonização é concedido ao beato o título de “santo” com o qual ele pode ser venerado publicamente em toda a Igreja Católica.

Tradução Thácio Siqueira