Último artigo da seção "Análise"

Quando um agente estatal exige que uma freira não reze, ainda há liberdade religiosa?

Quando um agente estatal faz uma exigência a uma entidade religiosa prestadora de serviços de interesse público de deixar suas atividades confessionais em nome da "laicidade estatal", ele está negando vigência ao artigo 19, II, da Constituição

Brasília, (Zenit.org) Paulo Vasconcelos Jacobina | 190 visitas

Recentemente, uma freira me trouxe a notícia de que uma servidora da Secretaria de Educação do Governo do Distrito Federal lhe informara que, no seu planejamento educacional para o ano de 2015, ela deveria considerar retirar as orações e as atividades de natureza religiosa do seu planejamento, cessando qualquer tip...

leia tudo